segunda-feira, 16 de março de 2009

O que é Transcomunicação Instrumental

A comunicação com espíritos desencarnados através de médiuns é hoje uma realidade incontestável e é amplamente comprovada, entretanto vem crescendo muito, principalmente no Brasil, a pesquisa sobre a Transcomunicação Instrumental (TCI), mas o que vem a ser isto?
A TCI é a denominação da comunicação com espíritos através do uso aparelhos eletrônicos. Embora possua um ar de vanguarda, este método não é conseqüência da moderna tecnologia e é mais antigo do que se pode supor a princípio. Já em 1927 o famoso inventor americano Thomas Edison, declarou estar pesquisando um aparelho que lhe permitisse estabelecer contato com os mortos. Apesar dos seus esforços ele não obteve sucesso e apenas em 1959 foram obtidos os primeiros sucessos neste campo, quando Friedrich Jungerson gravou acidentalmente as primeiras vozes de espíritos enquanto tentava gravar gorjeios de pássaros em Molbno, Suécia. Após a publicação dos trabalhos de Jungerson muitos outros pesquisadores e curiosos passaram a investigar o fenômeno, tendo, o professor Kostantin Raudive conseguido obter mais de 72.000 frases de espíritos gravadas por meios eletrônicos.
Estas pesquisas continuaram evoluindo e em 1978 o americano George Meek conseguiu através do seu invento Spiricom, aparelho que permitia o estabelecimento de diálogo com os espíritos, conversar com um espírito identificado como Dr. Muler. Na década de 80 muitos outros casos de sucesso foram verificados principalmente na Europa.
É importante ressaltar a seriedade deste estudo e que várias destas comunicações foram submetidas a exames técnicos para terem sua autenticidade comprovada.
Este fenômeno cresceu tanto que em junho de 2000 a revista Isto É colocou uma matéria de capa falando sobre o assunto e relatando os depoimentos, avanços e estudos sobre a TCI, entre outras coisas fica claro que, se por um lado ainda não é possível uma comprovação absoluta da validade deste tipo de comunicação, por outro também não é possível ignorar este fenômeno nem descartá-lo completamente.
Apesar do caráter de coisa fantástica, a TCI é um fenômeno completamente plausível, pois devemos lembrar que a comunicação com os desencarnados é estabelecida através do pensamento, e que este se realiza através de ondas mentais, e que estas ondas, como qualquer outra onda, podem ser captadas através de um instrumento que lhes capte a freqüência, assim como acontece quando sintonizamos um rádio.
Finalmente não podemos esquecer que, assim como no passado a mediunidade não era compreendida e muitos classificaram os fenômenos mediúnicos de fraude, bruxaria e coisa do demônio, a transcomunicação ainda é uma ciência em evolução, e o que hoje ainda deixa dúvidas amanhã poderá ser clara realidade.
O intercâmbio entre o plano físico e o plano espiritual cada vez mais se fortalece e comprova que somos espíritos imortais, que nosso estágio na matéria é transitório e que a verdadeira vida é muito mais do que conseguimos enxergar. Nesta jornada de descoberta da nossa essência espiritual a ciência, ao contrario do que muitos acreditam, é uma ferramenta que muito tem a contribuir e impulsionar o homem para mais perto de Deus.
Fonte: Revista Espírita

7 comentários:

  1. Eu conheço de perto dois casos aqui em Maceió. Apesar de nunca ter vivido uma experiência tão intensa como esta, creio que tal fato derruba a teimosia de muitos céticos. Porém, muitos ainda não acreditam. E acho que ele têm até suas razões para isso. No entanto, é preciso que todos esteja dispostos ao estudo. A esse embate, quero ver quem se mantém entre a teimosia e a realidade.

    Marcos Alencar

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente, eu ainda sei muito pouco a respeito do assunto, mas isto quer apenas dizer que preciso pesquisar, analisar e estudar mais o tema, pois como disse Allan Kardec, o Codificador do Espiritismo, "o valor da crítica é proporcional ao conhecimento que se tem do assunto". E a palavra crítica, nesse caso, tem o sentido de exame, de análise. Dessse modo, todos podemos examinar qualquer assunto, porém, sabendo que o valor da nossa opinião depende do quanto sabemos sobre o assunto.

    Disse-nos Jesus: "conhecereis a verdade e vos libertará".

    Ao estudo, todos nós!

    É apenas uma opinião (a minha).

    Alonso Filho.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei suspreso com o assunto, pois, tive uma experiência de uma comunicação. No horário da reunião mediúnica, a qual participo, uma amiga ligou pra o meu celular e foi atendido sem que um encarnado tenha colocado a mão nele. A pessoa que atendeu e deu o nome, não faz parte do grupo mediúnico e nem da casa espírita que frequento. Obs.: o telefone estava na gaveta do birô em uma sala fechada.

    Só para reforçar e pensar ...

    Luciano

    ResponderExcluir
  4. Esse tema é por demais interessante para uma discussão. Que tal promover um evento (seminário), trazendo algum estudioso do assunto. É preciso que tenhamos conhecimento sobre tudo o que se relaciona com a Dourina e a oportunidade de refletir coletivamente sobre as diversas formas de comunicação entre as "várias mporadas na casa do Pai".

    Gracinha

    ResponderExcluir
  5. Fernando Antonio de Barros Lins25 de março de 2009 16:43

    Eu tenho um Tio já desencarnado há mais de 12 anos e após seis meses de "morto", eu, minha esposa e minha mãe, aproximadamente no horário das 20horas, quando uma pessoa ligou em tom desesperado e, por surpresa ou por "coincidência" minha mãe atende ao telefone e, a pessoa afirma ser "Gil",e logo a pessoa citada em poucos segundos desliga o telefone. O meu tio desencarnado chama-se Gil. Fica a dúvida no ar. Será que em seis meses de desencarnado um espírito tem condições de se comunicar com uma pessoa encarnada ao telefone ?

    ResponderExcluir
  6. Tem cada história! Não podemos deixar a fantasia nos tomar a razão. Tem muita coisa real, que precisa ser averiguada e analisada criticamente. Mas também tem muita coisa que não procede, é fruto da imaginação. Concordo com a Gracinha que poderíamos pensar em algo para ser debatido em um seminário. Porém, para trazer os grandes estudiosos brasileiros sobre o assunto precisaríamos de aporte financeiro. Alguém pode ajudar?

    Marcos Alencar

    ResponderExcluir
  7. COMO DIZIA JESUS NA CASA DE MEU PAI EXISTEM MUITAS MORADAS QUEM MELHOR QUE JESUS PARA DEFINIR ISSO,O FILHO DE DEUS E SALVADOR DA RAÇA HUMANA AQUI NA TERRA JÁ TIVE DIVERSAS ESPERIENÇIA SOBRENATURAIS POR ASSIM DIZER JÁ QUE ESTAMOS FALANDO DE OUTROS PLANOS DE INTELIGENCIA DENTRE TANTOS E TANTOS,EVOLUÇÃO ESSA É A PALAVRA NÃO HÁ OUTRO CAMINHO PORQUE OS CAMINHOS DO ORGULHO HUMANO LEVAM HA UMA ZONA NEGATIVA APOS O REINGRESSO AO PLANO ESPIRITUAL POR ISSO TEMOS QUE DAR LUZ AOS NOSSO PENSAMENTOS POSITIVOS E SEGUIR EM FRENTE SEMPRE PREGANDO E ACIMA DE TUDO DANDO AMOR A QUEM PRECISA MUITA E LUZ E PAZ A TODOS

    ResponderExcluir

Participe com seu comentário